Os camarões são territorialistas e o seu confinamento causa muito estresse e redução do crescimento, além de mortalidade por canibalismo

Criação de camarão

“A minha represa tem entre 2 e 3 metros de profundidade e é bastante argilosa. É possível criar camarão nela? Se eu colocasse tanques rede no fundo dessa represa em contato com solo será que daria certo para criar camarão? Assim ficaria mais fácil de pegá-lo quando estivesse adulto?”

Dúvida enviada pela leitora Laura Oliveira  

Dica do especialista: de acordo com experimentos por nós realizados, o cultivo de camarões de água doce em tanques-rede como ela sugere não é recomendado, pois reduz o crescimento dos animais e torna o cultivo antieconômico. Os camarões são altamente territorialistas e o seu confinamento causa muito estresse e redução do crescimento, além de mortalidade por canibalismo.

Na represa em questão, pela sua profundidade, a leitora poderia realizar o cultivo de peixes em tanques-rede, pois estes sim, suportam bem o adensamento populacional. Para a criação de camarões, a estrutura ideal seria viveiros escavados na terra, com profundidade entre 1,5 m e 1 m e que possuam sistema de abastecimento e drenagem de água, ou seja, possam ser completamente esvaziados ao fim do ciclo de cultivo para que os camarões sejam completamente retirados. A densidade ideal de cultivo de camarões é de 10 por metro quadrado

Resposta por Helcio Luis de Almeida Marques, PhD  e pesquisador científico do Instituto de Pesca, vinculado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

 

Fonte: SF Agro UOL, Fev/2018 (http://sfagro.uol.com.br)
Para acessar a notícia clique aqui