Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes
APTA apresenta novas tecnologias durante Agrishow 2018

Tecnologias que aumentam a produção, diminuem a ocorrência de pragas e doenças, agregam renda e diversificam a produção dos agricultores serão apresentadas pela Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, durante a Agrishow 2018, evento que ocorre em Ribeirão Preto, interior paulista, de 30 de abril a 4 de maio.

A APTA é a maior instituição estadual de pesquisa do Brasil. Última edição de Balanço Social realizado pela Agência – que também será apresentado na Agrishow – mostra que a cada real aplicado na APTA gerou R$ 12,20 de retorno para a sociedade na forma de aumento da produtividade, redução dos custos do produtor, expansão de área e agregação de valor da tecnologia.

Lançamentos

O Instituto Agronômico (IAC-APTA) lança duas cultivares de feijão, uma do tipo preto e outra do tipo carioca, e apresenta duas cultivares de arroz agulhinha e uma de arroz para risoto. O IAC também apresenta o projeto Aplique Bem Pesquisa Participativa, que selecionará produtores de frutas e hortaliças com potencial para serem multiplicadores de informações sobre a forma correta de aplicar defensivos agrícolas.

Pequenos produtores

No espaço Vitrine Tecnológica para Pequenas Propriedades, no estande da Secretaria de Agricultura, a APTA apresenta suas tecnologias para diversificar a produção e agregar renda as pequenas e médias propriedades. São apresentadas tecnologias para produção indoor de hortaliças e plantas medicinais sem o uso de solo ou substrato, tecnologia para produção de café robusta de alta qualidade e realizado treinamento para produção de cachaça, açúcar mascavo, melado e garapa. Os pesquisadores também apresentam trabalhos com seringueira, maracujá, batata-doce e cogumelos frescos.

Sanidade

O Instituto Biológico expõe seus trabalhos para controle biológico em flores ornamentais e manejo de nematoides em café. O controle biológico é considerado uma tecnologia sustentável, por reduzir – ou até mesmo eliminar – o uso de agroquímicos, não deixar resíduos nos alimentos, ser seguro para o trabalhador rural, proteger a biodiversidade e preservar os polinizadores.

Pecuária de leite

O Instituto de Zootecnia (IZ-APTA) lança na Agrishow 2018 o Caminhos do Leite, em que os visitantes poderão conhecer o processo da produção de leite nos Sistemas Integrados de Produção Leiteira, realizados com animais das raças Holandesa PB, Gir, Girolando e Jersey. O IZ inaugura ainda laboratório móvel para qualidade do leite, que visa incrementar as pesquisas do Instituto na área. Outra ação será a realização do workshop Caminhos do Leite, que discutirá como tornar o sistema de produção leiteira cada vez mais sustentável. O evento será realizado na quinta-feira, 3 de maio, a partir das 14h, no Centro de Convenções da Cana-de-Açúcar do Instituto Agronômico (IAC), durante a Agrishow 2018.

Aquicultura

O Instituto de Pesca (IP-APTA) apresenta na Feira seus estudos com a macroalga marinha Kappaphycus alvarezii, com potencial de aplicação em diversos segmentos da indústria, como o de biofertilizantes, biocombustíveis, cosméticos, rações, dentre outros. Os visitantes também podem conhecer os trabalhos de desenvolvimento de probióticos específicos para a produção de tilápia – peixe mais cultivado no Brasil.

 

Fonte: Portal Segs, abr/2018, (http://www.segs.com.br)

Para acessar a notícia clique aqui

APTA Adamantina leva tecnologias na produção de café e maracujá à Agrishow