Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes


Aquishow Brasil prevê movimentar R$ 100 milhões em Rio Preto
Além dos estandes comerciais, neste ano a feira contará com palestras, minicursos e atividades diversas para promover o aperfeiçoamento das práticas de produção de pescado

Prevista para ser realizada em maio em Rio Preto, a 11ª edição Aquishow Brasil prevê movimentar R$ 100 milhões no setor de piscicultura entre negócios fechados durante e após o evento. A feira teve seu lançamento oficial realizado na manhã desta sexta-feira, 4, no Parque Tecnológico. O evento será realizado entre os dias 24 e 27 de maio, no Instituto da Pesca. 


Além dos tradicionais estandes comerciais, neste ano a feira contará com palestras, minicursos e atividades diversas para promover o aperfeiçoamento das práticas de produção de pescado. Os visitantes também poderão conferir um showroom de mais de um hectare com dezenas de viveiros escavados, e uma represa de 5 mil metros quadrados. Este será um dos diferenciais da edição, afirma Marilsa Fernandes, uma das organizadoras da Aquishow. “Por conta dos tanques disponíveis os visitantes poderão visitar unidades físicas de reprodução. Isso significa que o produtor poderá verificar na prática qual melhor material para utilizar na sua propriedade”. 


O público-alvo do evento são empresários e investidores de toda a cadeia produtiva, além de colaboradores, pesquisadores e estudantes. A feira também atrai atenção de diferentes representes de diversas esferas dos poderes públicos. A expectativa é de que cerca de 5 mil visitantes passem pelo lugar durante os quatro dias de feira. 


Presidente da PeixeSP e um dos organizadores da Aquishow, Emerson Esteves lembrou que a região está centralizada em um grande eixo produtor de pescado, sendo que grande parte da produção de tilápia ocorre em um raio de aproximadamente 700 quilômetros da cidade. “Rio Preto está estrategicamente muito bem centralizada nesse eixo produtor de peixe. E a atividade tem muito potencial para crescer ainda, estamos produzindo muito pouco do potencial que nós temos”, argumentou. 


Ao todo, são 256 unidades de piscicultura da região noroeste cadastradas na Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. Assim como em outras regiões do País, a criação de tilápia é a grande força da piscicultura na região do noroeste paulista. Cerca de 97% da produção de pescado na região é da espécie. Além de atender o mercado local, a expectativa é de que o fomento da cultura ajude a consolidar a exportação. “A gente vê que a tilápia vem conquistando espaço e é o peixe que vai continuar crescendo”. 


O secretário de Agricultura e Abastecimento de Rio Preto, Antonio Pedro Pezzuto Júnior, destacou que o evento colocará Rio Preto no centro da cadeia de piscicultura mundial. A prefeitura é uma das parceiras da Aquishow e ficará responsável pela infraestrutura da feira. “Rio Preto será propulsora do desenvolvimento da piscicultura de toda a região dos grandes lagos. Essa é uma cultura que traz muita geração de renda pra dentro da propriedade e que fomenta uma cadeia gigantesca. Desde a produção até a comercialização nós temos todos os elos dentro da nossa região aqui presente”. 


Incentivo à pesquisa

Uma das atrações inéditas da programação da 11ª Aquishow Brasil será a primeira edição do Encontro Latino-Americano de Peixes de Cultivo (ELAPC). A ação é uma iniciativa da organização do evento em parceria com o Instituto da Pesca e com a colaboração do Laboratório de Bacteriologia em Peixes (LABPEP-UEL). 


De acordo com a vice-diretora do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento do Pescado Continental, Daniela Castellani, o objetivo é criar oportunidade de diálogo entre pesquisadores, estudantes e empreendedores. "Teremos uma área onde serão apresentados trabalhos científicos da área de aquicultura. Também teremos palestras e minicursos ministrados por profissionais selecionados pelo Instituto de Pesca, que trarão inovações tecnológicas para a produção de pescado”. 


Interessados podem inscrever trabalhos técnico-científicos relacionados à área de piscicultura. É preciso cumprir os requisitos do edital, preencher um formulário online e pagar uma taxa de R$ 50. As inscrições vão até 8 de março. Mais informações no site oficial (https://aquishowbrasil.com.br/). 


Fonte: Invest SP

07 março 2022

https://www.investe.sp.gov.br/noticia/aquishow-brasil-preve-movimentar-r-100-milhoes-em-rio-preto/ 


Aquishow Brasil é lançada oficialmente e vem cheia de novidades
Evento acontecerá entre os dias 24 e 27 de maio