Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes
Começa período da Piracema e multas podem chegar a R$ 100 mil

A Piracema começou no rio Mogi Guaçu, em Pirassununga, e, a partir desta quinta-feira (1º), a pesca predatória está proibida em vários trechos do manancial. O período prossegue até 28 de fevereiro de 2019.

As multas para quem não cumprir a lei variam de R$ 700 a R$ 100 mil. Segundo a Polícia Ambiental reportou ao G1, quem for flagrado cometendo a infração ainda pode ser detido e responder por crime federal.

Um dos maiores berçários de peixes de água doce do Brasil, o Mogi Guaçu corta o distrito de Cachoeira de Emas e possui mais de 150 espécies de pescados. Pelos próximos quatro meses, os peixes percorrerão centenas de quilômetros contra a correnteza para se reproduzir em águas tranquilas.

FISCALIZAÇÃO
Além da multa, o infrator flagrado pescando pagará mais R$ 20 por quilo de pescado apreendido. A Polícia Ambiental intensificará a fiscalização náutica disponibilizando de dois barcos para garantir a reprodução dos peixes de espécies nativas da nascente do Rio Paraná.

De acordo com o tenente Ivo Moraes, da Polícia Ambiental, alguns locais são proibidos para pesca, mesmo no período fora da piracema. “Esses locais são proibidos de ter pesca, pois são lugares de concentração de reprodução de algumas espécies. Quando o pescador é pego nessas localidades, acaba virando um agravante”, afirmou.

As pessoas que flagrarem situações irregulares ao longo do manancial também podem denunciar. O telefone da Polícia Militar Ambiental de Pirassununga é o (19) 3565-1288.

PIRACEMA ANTECIPADA
Nas últimas semanas, o excesso de chuvas pela região antecipou a piracema em Cachoeira de Emas. Segundo Fábio Sussel, pesquisador do Instituto de Pesca, as chuvas acima da média nos meses de agosto e outubro deixaram o Mogi Guaçu cheio, o que facilitou a subida dos peixes.

 

Fonte: Jornal O Município, nov/2018 (http://www.omunicipio.jor.br)

Para acessar a notícia clique aqui

Piracema começa no Rio Mogi Guaçu e multas podem chegar a R$ 100 mil em Pirassununga