Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes


FAAGROH integra projeto para constituição de Centro de Engenharia de Plasticultura
Pesquisadores da Faculdade de Agronegócios de Holambra – FAAGROH participam de projeto para implementação de Centro de Engenharia de Plasticultura (CEP) para o agronegócio

Após ser incluída na Chamada FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), a FAAGROH – Faculdade de Agronegócios de Holambra (Grupo UniEduK) integra um projeto em parceria com a Braskem, uma das maiores produtoras de resinas termoplásticas do mundo. O projeto consiste na constituição de um Centro de Pesquisa de Plasticultura – que se refere à utilização de plásticos no cultivo agrícola, como telas, estufas, entre outros. 

O projeto será conduzido por pesquisadores do Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético da Unicamp e conta com a participação de pesquisadores de diversas instituições de ensino, incluindo os professores da FAAGROH: Antonio Bliska Júnior, Isabella Menuzzo Lucon e Ronan Machado. O professor Antonio Bliska Jr. é também pesquisador na Unicamp e Coordenador de Transferência de Tecnologia do CEP.

Sobre a participação, a professora Isabella destaca que a oportunidade surgiu por intermédio do professor Bliska. “Estávamos elaborando um projeto para estudo de intemperismo natural de plásticos, em conjunto com o Comitê Brasileiro de Desenvolvimento e Aplicação de Plásticos na Agricultura – COBAPLA e acabou casando com a chamada da FAPESP para o Centro de Pesquisa em Plasticultura. Dessa forma, entrei como a parte que irá estudar o processo de intemperismo natural nos plásticos e seu efeito na produtividade e qualidade de produtos, durabilidade de filmes de estufas e de “mulching”, além de efeitos do descarte no meio ambiente”, explica a docente.

As estufas em Holambra também sediarão estudos com aquaponia (criação de peixes e produção de plantas em um sistema integrado) que serão conduzidos por  pesquisadores do Instituto de Pesca   da Secretaria da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Feagri-Unicamp e FAAGROH.

De acordo com a FAPESP, a expectativa sobre esse projeto é impulsionar avanços científicos que evidenciem o potencial da plasticultura, a fim de aumentar a disponibilidade de produtos em mercados, tornando-os acessíveis a um maior número de pessoas. Ainda, informa que o novo Centro integrará o programa Centros de Pesquisa em Engenharia (CPEs), que viabiliza sinergias entre a iniciativa privada e o setor acadêmico, com o objetivo de produzir e disseminar pesquisas de nível mundial, gerando alto impacto econômico e social por meio da inovação.

Além disso, a professora Isabella Lucon conta que a ideia do Centro de Pesquisa é integrar o estudo ao empresário rural (produtor) que utiliza esses materiais em sua rotina. “Temos a ideia de sediar o estudo sobre intemperismo na FAAGROH, com ajuda do grupo, de parceiros e de alunos”, revela a docente.

Participar de uma pesquisa da FAPESP, a maior fomentadora de pesquisa do país, é algo de muita importância, tanto para a carreira profissional dos professores quanto para o Grupo UniEduK. O contato com pesquisadores de outras instituições tem a capacidade de impulsionar a troca de conhecimento em prol do desenvolvimento pessoal e profissional dos envolvidos, além de um produto científico ainda mais relevante.

Tudo que temos hoje em dia é fruto de pesquisas, direta ou indiretamente”, finaliza a docente Isabella Menuzzo Lucon, ressaltando a importância deste trabalho.

Fonte: UniEduk

03 Fevereiro 2022

https://grupounieduk.com.br/noticias/institucional/faagroh-integra-projeto-para-constituicao-de-centro-de-engenharia-de-plasticultura/




Fundação Florestal abre consulta pública sobre o PSA Mar sem Lixo
Podem participar da consulta pública pessoas físicas ou jurídicas e as contribuições devem ser enviadas até 20 de fevereiro