Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes
Produção sustentável pode fazer negócios na aquicultura serem mais estáveis

Evolução no setor passou da desburocratização do implemento à sustentabilidade

A desburocratização na piscicultura tem proporcionado a mais produtores a possibilidade de expandir o mercado. O financiamento, por exemplo, era um processo embaraçoso antes de 2016, devido à quantidade de documentos exigidos. Com o decreto nº 62.243 os processos foram facilitados.

O pesquisador científico e assistente de direção do Instituto de Pesca (IP, São Paulo/SP), Vander Bruno dos Santos, afirma que cerca de dois mil produtores se cadastraram e receberam o licenciamento ambiental após essa mudança.

Outros avanços também vêm ocorrendo no setor, como a evolução nutricional, genética e sustentável. O sistema fechado na sustentabilidade, por exemplo, é um dos modelos voltados à questão ambiental. “Com essa tecnologia, cria-se os organismos com mais economia de água”, diz Santos.

Para continuar crescendo os produtores precisam estar atentos a novos processos que possam ser mais rentáveis e, principalmente, sustentáveis, como contam os especialistas na reportagem completa publicada na revista feed&food

 

Fonte: revista feed&food, Mai/2018 (http://www.feedfood.com.br)

Para acessar a notícia clique aqui

Imesc aplica novas metodologias de pesquisa em municípios do Bioma Amazônico Maranhense II