Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes
Bagres resgatados no Aeroclube de São Paulo estão em exposição no Aquário do Instituto de Pesca

Vinte e dois dias após serem resgatados e passarem por um período de quarentena para reabilitação, dois dos cinco bagres da espécie Clarias gariepinus encontrados no Aeroclube de São Paulo, depois do alagamento que atingiu a capital em 10 de fevereiro, estarão expostos para visitação no Aquário do Instituto de Pesca, que fica no Parque da Água Branca.

Durante este período, a equipe de pesquisadores da instituição, que faz parte da Secretaria de Agricultura e Abastecimento paulista, realizou análises com os cinco peixes resgatados – inclusive com um que não resistiu e que será taxidermizado e exposto no Museu de Pesca, em Santos, SP.

A equipe concluiu que, provavelmente, esses peixes habitavam o córrego Tenente Rocha, que se localiza dentro do Campo de Marte ou foram arrastados pela correnteza de alguma porção superior do rio, de condições ambientais toleráveis para a sobrevivência desta espécie, como exemplo o Parque Ecológico do rio Tietê.

Após o resgate e os cuidados recebidos, dois dos sobreviventes estarão expostos no Aquário do Instituto de Pesca, provando sua alta tolerância às condições ambientais extremas. Os outros dois animais serão mantidos em quarentena até que estejam reabilitados e possam se unir aos já expostos.

O Aquário do Instituto de Pesca convida toda a população da cidade a conhecer os peixes que não pararam de lutar por sobrevivência, no dia em que São Paulo parou devido ao excesso de chuvas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), naquele dia foi registrado o segundo maior volume de chuva em 24h, de 114 mm para o mês de fevereiro, em 77 anos, só sendo superado pelos 121,8 mm ocorridos em 02/02/1983.

Conheça o Aquário IP

O Aquário do Instituto de Pesca/APTA, órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, fica dentro do Parque da Água Branca, local de fácil acesso por meio de várias linhas de ônibus que param em frente e do metrô (Estação Palmeiras-Barra Funda).

O Aquário IP possui 30 viveiros com diferentes espécies de peixes, que podem ser vistas de terça a domingo, das 9h às 12h e 13h às 17h. O ingresso custa R$ 3, mas crianças até cinco anos e maiores de 65 não pagam. De segunda a sexta, das 10h às 17h, é possível agendar visitas escolares e de grupos pelo telefone (11) 3871–7549.

Clique aqui e veja imagens do Aquário.

 

 

Texto: Gabriela Souza

Foto: Thaiane Muniz

CECOM - Centro de Comunicação e Transferência do Conhecimento

Competência feminina impacta desenvolvimento científico e o agronegócio