Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes
Instituto de Pesca realiza o 11° SICIP em Santos

O auditório do Museu de Pesca em Santos sediou, no dia 26 de julho, o XI Seminário de Iniciação Científica (SICIP) do Instituto de Pesca (IP), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, cerca de 50 pessoas acompanharam a apresentação que encerra a passagem dos bolsistas pela instituição. 

O evento ocorre anualmente e tem por objetivo estimular o interesse de estudantes universitários em atividades de pesquisa, os quais fazem parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) desenvolvendo atividades dentro de projeto institucional durante o ano em que foram orientados por pesquisadores do IP. “É um momento muito esperado do Programa uma vez que os alunos apresentam os resultados de suas atividades de pesquisa. O Seminário é normalmente o primeiro evento científico do qual eles participam”, diz Marie Anne Chalita, coordenadora do programa. 

Ao todo foram apresentados quinze trabalhos, dentre os quais foram escolhidos três para premiação. A seleção foi feita por um comitê interno, constituído por pesquisadores do Instituto, e por um comitê externo, atendendo a determinação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Para Flávia Sgarbi, primeira colocada na premiação, o reconhecimento de seu trabalho fez valer a pena toda dedicação que teve durante o desenvolvimento do projeto. “Poder ver seu empenho e trabalho reconhecidos é uma excelente gratificação, e, com certeza, um grande incentivo que me impulsiona a seguir nesta carreira”, conclui a bolsista. 


Confira ordem de premiação dos melhores trabalhos apresentados: 

1º Lugar: 
Flávia Sgarbi Vaz, orientada pela pesquisadora Érika Fabiane Furlan, apresentou o trabalho: 
“Estabilidade física e química da carne mecanicamente separada de pescado sob congelamento” 

2° Lugar 
Celso Rocha Filho, orientado pela pesquisadora Cláudia Maris Ferreira, apresentou o trabalho: 
“Uso de análogos de GnRH para indução de desova e espermiação em rã-touro (Lithobates catesbeianus)” 

3º Lugar 
Letícia Leite Lemos, orientada pela pesquisadora Ingrid Cabral Machado, apresentou o trabalho: 
“Qualidade de vida e as condições para se viver na pesca artesanal do município de Bertioga-SP” 



Acesse todos os resumos no site do Instituto de Pesca e veja as fotos do evento no Flickr.

Instituto de Pesca capacita alunos e técnicos para identificação de peixes de água doce