Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes
Pesquisadora do IP auxilia na coordenação de curso sobre zebrafish no Instituto Butantan

O Instituto Butantan está com inscrições abertas para o curso de extensão universitária sobre “Manejo e criação de zebrafish”. Esta é a segunda edição do curso, que conta com a coordenação de Mônica Lopes-Ferreira, pesquisadora do Instituto Butantan, e de Cíntia Badaró Pedroso, pesquisadora do Instituto de Pesca (IP), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. As aulas acontecerão entre os dias 21 e 25 de novembro, das 9h às 17 horas. 

O peixe Danio rerio, popularmente conhecido por paulistinha, ou zebrafish – nome que ganhou por ter o corpo listrado de prata e negro-, possui certas particularidades que favorecem estudos científicos. “É um organismo de fácil manutenção e reprodução em laboratório, a fecundação e o desenvolvimento do embrião são externos, o embrião é transparente, atinge a idade reprodutiva com cerca de 60 a 90 dias e, principalmente, o seu genoma, representado por 26 mil genes, possui 70% de semelhança com os genes humanos”, conta a pesquisadora Cíntia Badaró. A tendência é que o paulistinha substitua o camundongo em grande parte dos experimentos realizados nos próximos anos, pois além de tantas características favoráveis, o custo de manutenção em laboratório é bem menor em comparação à manutenção de um biotério com esses roedores. Atualmente, o zebrafish é o segundo modelo experimental mais utilizado em pesquisas no mundo e, por isso, o grande interesse de muitos pesquisadores em conhecer melhor a espécie. 

O curso é gratuito e tem como principal finalidade instruir os participantes a respeito da criação e manuseio do peixe, abordando desde as características físicas até as formas de reprodução e vantagens do emprego da espécie em pesquisas científicas. Também serão abordadas as possibilidades abertas pela Plataforma Zebrafish, espaço localizado no Instituto Butantan em que os paulistinhas estão sendo criados e mantidos para as pesquisas. 

São 40 vagas oferecidas para profissionais e estudantes de pós-graduação. Os interessados têm até o dia 7 de outubro para fazer a inscrição. 

O resultado com a lista dos aprovados será divulgado a partir de 13 de outubro no site do Butantan na área Cursos 2016. Os candidatos selecionados serão convocados por e-mail, devendo confirmar a participação até o dia 20 de outubro. 


SERVIÇO 

Curso de extensão universitária sobre “Manejo e criação de zebrafish" 
DATA: 21 a 25 de novembro 
HORÁRIO: Das 9h às 17 horas 
LOCAL: Auditório do Laboratório Especial de Toxinologia Aplicada (LETA) 
ENDEREÇO: Avenida Vital Brasil, 1.500, Butantan, São Paulo-SP 
VAGAS: 40 
INSCRIÇÃO: Gratuita. O candidato deve enviar uma justificativa da participação no curso e um resumo do currículo Lattes, anexado ao e-mail, para o endereço cursos.cultural@butantan.gov.br 
CARGA HORÁRIA: 40 horas 


Por Natália Escobar (Estagiária) 

Orientador Leonardo Chagas 
Revisão Márcia Cipólli 


Mais Informações:  
Assessoria de Comunicação  
Secretaria de Agricultura e Abastecimento  
Instituto de Pesca  
(11) 3871-7588  
cecomip@pesca.sp.gov.br
Três pesquisas desenvolvidas pela APTA receberão o prêmio Josué de Castro