Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes


Secretário de Agricultura e Abastecimento participa da 12ª edição do Prêmio Josué de Castro
Prêmio tem por objetivo identificar, premiar e difundir iniciativas voltadas à formulação de soluções concretas para o combate à fome e à promoção da segurança alimentar e nutricional

Francisco Matturro, Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, participou nesta quinta-feira (10/11) da cerimônia de entrega do Prêmio Josué de Castro, no Salão Nobre da Secretaria.

Compuseram o palco da premiação a Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Leão, o Secretário Executivo de Agricultura e Abastecimento, Adriano Quercia, o Diretor do Fundo Social de São Paulo e representante da Primeira-dama Luciana Garcia, Ernani Gouveia, o Prefeito de Adamantina que representou o Poder Público Municipal, Marcio Cardim, o Subsecretário de Abastecimento e Segurança Alimentar, Celso Matsuda, o Subsecretário de Agricultura, Orlando Melo de Castro, a Diretora Social da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), Regina Covas, e o Chefe de Gabinete da Secretaria de Agricultura, Ricardo Lorenzini.

O evento contou com exposições, seminários e iniciativas focadas no combate à insegurança alimentar no Estado. 

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (CONSEA/SP), vinculado a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (CODEAGRO), premiou na manhã desta quinta-feira as melhores ações de segurança alimentar e nutricional do Estado na 12ª edição do “Prêmio Josué de Castro”. 

O Secretário, que teve fala na abertura da cerimônia, saudou os presentes e apresentou um panorama das ações da Secretaria na promoção da segurança alimentar no Estado. Citou, por exemplo, a aprovação da Lei do Artesanais do Agro, sancionada em 2022, que beneficiou a comercialização de produtos por meio de um regramento mais adequado à realidade do produtor artesanal do Agro de São Paulo.

Comentou também a preparação e adequação de agrônomos da Secretaria, em parceria com a Embrapa, em sistemas de Integração Lavoura Pecuária e Floresta (ILPF), que promovem a recuperação de áreas de pastagens degradadas e permitem a produção integrada de culturas agrícolas e florestais com a pecuária.

E programas como o Cozinhalimento, que fornecem aos governos municipais o recurso para a construção de uma cozinha industrial que auxilia no empreendedorismo e na garantia da segurança alimentar. A iniciativa chegará a 305 municípios e já conta com mais de 20 unidades inauguradas.

Citou ainda o Programa Rotas Rurais, que garante endereçamento digital às propriedades rurais do Estado e maior acesso à cidadania para o homem do campo. Por fim, o Secretário parabenizou os premiados da 12ª edição do Josué de Castro e completou dizendo que as iniciativas premiadas "são de grande valia ao Estado e ao Brasil".


Durante a cerimônia, o Secretário recebeu uma homenagem. Francisco Matturro recebeu um troféu de 131 anos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, que são comemorados amanhã, no dia 11 de novembro. Entregue pelo Chefe de Gabinete, Ricardo Lorenzini, o troféu, segundo Lorenzini, "é um reconhecimento ao trabalho incansável pelo Estado de São Paulo e pelo desenvolvimento sustentável e inovador do Agro Paulista".

Para o Subsecretário de Abastecimento e Segurança Alimentar, Celso Matsuda, o Prêmio Josué de Castro é o momento de reconhecer as iniciativas que alcançaram resultados práticos no combate à fome e que se tornaram referência para gestões públicas de como se enfrentar a insegurança alimentar e nutricional. Para ele, ainda, resgatar a memória de Josué de Castro, nomeando o prêmio, é uma maneira de referenciar ainda mais essa figura exemplar da história do País.

Na cerimônia, foram premiadas duas categorias de iniciativas: "Melhor pesquisa científica realizada por universidades ou instituições de pesquisa públicas ou privadas do Estado de São Paulo" e "Melhor programa ou projeto de política pública desenvolvido por órgãos públicos do Estado de São Paulo, municipais ou estaduais".

Os programas e pesquisas científicas foram julgados levando-se em consideração seu estímulo à organização e à participação da comunidade no exercício de soluções inovadoras e criativas, além de resultados alcançados na melhoria da qualidade de vida.


Premiados


Na categoria de "Melhor Pesquisa Científica realizada por universidades ou instituições de pesquisas públicas ou privadas do Estado", em terceiro lugar, Simone Silotti, responsável pelo projeto “Faça um bem incrível”, projeto apresentado pela Faculdade de Tecnologia de Mogi das Cruzes. Em segundo lugar, Anna Fridha Santos, autora da pesquisa “Mulheres que alimentam cidades: ecofeminismo e agroecologização de territórios”, da Escola Superior de Agricultura - “Luiz de Queiroz” – ESALQ/USP. Em primeiro lugar, Gabriel Milhasse, pesquisa, “Colheita urbana e compostagem em feira livre: aproximações, conquistas e desafios no contexto da pesquisa-ação participativa”, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

Já na categoria de Melhor Programa ou Projeto de Política Pública desenvolvido por órgãos públicos municipais ou estaduais de São Paulo, em terceiro lugar Miguel Cardoso Lopes Júnior, prefeito de Tatuí, com o “Programa Banco de Alimentos de Tatuí – estratégias de combate à fome”. Em segundo lugar, Luci Aparecida Uliana Serra, da prefeitura de Diadema. E em primeiro lugar, André Luiz de Paula, vice-prefeito de Peruíbe, com o projeto “do campo para a cidade e da cidade para o campo”.

Participaram da cerimônia também o Secretário Executivo, Adriano Quercia, o Subsecretário de Agricultura, Orlando Melo de Castro, o Chefe de Gabinete da Secretaria de Agricultura, Ricardo Lorenzini.


Josué de Castro



Josué de Castro, que dedicou sua vida ao estudo dos problemas nutricionais no Brasil, deixou legado incomparável ao desenvolvimento da ciência da nutrição e da profissão de nutricionista no País.

O Prêmio, entre outras funções, tem papel de resgate de sua memória e o reconhecimento de seu papel em iniciativas que fundamentam a luta pelo direito humano à alimentação adequada.

=================================================

Informações à imprensa - Secretaria de Agricultura

Assessoria de Comunicação

(11) 5067-0069

imprensa@agricultura.sp.gov.br


Informações à imprensa - Instituto de Pesca

Núcleo de Comunicação Científica

(11) 94147-8525

ipcomunica@sp.gov.br


APTA de Portas Abertas aproxima a ciência da sociedade paulista
Durante dois dias, dez unidades da APTA apresentarão programações com atividades práticas, teóricas e visitações